Computação na Nuvem, VPS, Servidor Dedicado
Computação na Nuvem, VPS, Servidor Dedicado

Computação na Nuvem, VPS, Servidor Dedicado. Entenda o que é cada uma das opções e saiba qual é a melhor para você.

Atualmente o que mais se fala é sobre a computação na nuvem. Mais e mais empresas estão migrando suas estruturas de TI para a nuvem. Desde sistemas de telefonia a desktops virtuais e servidores de arquivos e sistemas. A transição para a nuvem oferece muitas opções, muitas delas parecem serem iguais, mas com nomes diferentes, como Cloud Computing, Servidores Virtuais, VPS, Servidores Dedicados. Qual é a melhor opção para cada negócio, e qual a diferença?

O termo Cloud

O termo Cloud é um dos mais populares na internet hoje, mas não possui uma definição padrão. A nuvem é sob demanda, escalável, confiável e de baixo custo. Estando disponível a qualquer momento e em qualquer lugar. A tecnologia da nuvem gira em torno dos benefícios da migração dos dados do seu escritório para um datacenter eficiente, escalável e seguro.

Então se você está pensando em migrar para A Nuvem você vai hospedar o servidor do seu escritório em um datacenter seguro e usar a Internet para se conectar a ele de qualquer lugar, a qualquer hora.

Servidor virtual ou VPS

Um servidor virtual (também chamado de Virtual Private Server, VPS, Virtual Machine, VDS, semi-dedicado ou servidor híbrido) é o termo usado para o servidor e software que roda no mesmo computador físico com outros servidores virtuais e é funcionalmente equivalente a um computador físico dedicado. Um servidor de alta capacidade pode hospedar 10 ou mais servidores virtuais privados. Dessa forma cada cliente tem sua própria máquina com recursos, sistema operacional e software personalizável. O modelo de servidor virtual é um método que oferece uma ótima relação custo/benefício e proporciona facilidade de gerenciar.

Servidor Dedicado

Um servidor dedicado tem todas as vantagens do servidor virtual para softwares, sistema operacional e personalização, mas tem um custo maior pois todos os recursos serão usados apenas por você, mesmo quando o sistema estiver ocioso ele vai continuar consumindo eletricidade. O servidor dedicado oferece alto desempenho, e é a opção indicada quando é necessário o nível máximo de processamento.

Um servidor Cloud ou Na Nuvem pode ser qualquer tipo de solução hospedada em um datacenter. Os mais avançados provedores estão oferecendo soluções robustas e escaláveis que podem fornecer redundância e processamento que de outra forma não estão presentes em um único servidor virtual ou servidor dedicado.

É necessário se ater a vários detalhes ao contratar um serviço que usa o termo Nuvem ou Cloud Hosting. O que você deseja quando contrata uma solução como essa é uma máquina virtual com certos níveis de escalabilidade e redundância. Alguns provedores de soluções na nuvem focam no uso de aplicações específicas. Não um servidor inteiro ou um sistema operacional. Esse tipo é complexo e ideal para os desenvolvedores.

Por exemplo a Amazon oferece o EC2 e afirma que o Amazon Elastic Compute Cloud (Amazon EC2) é um serviço web que oferece capacidade computacional redimensionável na nuvem. Ele é projetado para tornar a computação em escala mais fácil para os desenvolvedores.

Então o que há de diferente entre Cloud ou Nuvem, VPS e servidor dedicado?

Todos fazem a mesma coisa, mas variam em preço, facilidade de uso, desempenho e capacidade de oferecer escalabilidade e redundância. Algumas empresas de hospedagem vendem VPS não escalável e não redundante e chamam de solução na nuvem apenas porque está hospedado na internet, e parece interessante devido ao seu baixo custo. Nós oferecemos uma verdadeira hospedagem na nuvem, com escalabilidade e redundância.

O VPS é o produto de menor custo, mais fácil de usar, e a melhor opção na maioria dos casos. Uma desvantagem é que se você precisa de mais processamento, ou recursos (espaço em disco, largura de banda, etc) – os custos podem duplicar facilmente.

Recursos compartilhados

Outra é que é um recurso compartilhado (um servidor físico dividido em 10 ou mais). Pode haver momentos em que você vai ter dificuldade de obter todo o desempenho que pode precisar. A escalabilidade é limitada, você pode dobrar a largura de banda ou memória RAM, mas os custos sobem facilmente. Porém, como ele é mais fácil de gerir, você não precisa se preocupar com hardware. Basta que seu VPS esteja alocado em um servidor com processamento adequado e redundância. Como tem um único ponto de falha, pode ser necessário várias horas de parada se for necessária uma manutenção.

Um servidor dedicado vai realmente ser a melhor opção se você tiver um aplicativo altamente exigente. Você pode ter acesso a 24 ou mais processadores, e mais de 128GB RAM dependendo apenas do seu orçamento – e é mais barato obter o mesmo processamento contra um servidor na nuvem. A desvantagem é o ponto único de falha, e os esforços administrativos adicionais para mantê-lo. Gerenciamento de backups e tempos de respostas do prestador de serviço contratado são essenciais.

O melhor para você

Um servidor Cloud (solução baseada na Nuvem) vai ser o melhor dos dois mundos. Você tem a simplicidade de administração de uma máquina virtual, a capacidade de dimensionar conforme sua necessidade, pode replicar para múltiplos servidores e utilizar o balanceamento de carga para escalabilidade literalmente infinita. Com redundância oferece-se proteção contra um único ponto de falha em hardware (já que um servidor baseado em nuvem deve reiniciar automaticamente em outro nó dentro de alguns segundos) – mas tudo isso tem um preço elevado. Normalmente o servidor dedicado custa de 2 a 4 vezes o preço de um VPS tradicional. Porém se você precisar de mais processamento, espaço ou banda irá pagar mais caro pelo privilégio de ter redundância e capacidade de escalar sob demanda.

O que é melhor para você? Entre em contato com a WebHaus, nos informe suas necessidades e nós vamos ajuda-lo a escolher a melhor opção.

www.WebHaus.com.br

47 3028-4462 / comercial@webhaus.com.br

 




1 comentário em “Computação na Nuvem, VPS, Servidor Dedicado”

  1. Pingback: Domínio e Hospedagem: O que precisamos saber - Webhaus

Share your thoughts

share what,s happening in your mind about this post